Tecnologia RFID: o que é e como ampliar seu alcance

Publicado em Blog / Novidades dia

RFID

Você já viu aqueles portais nas saídas de lojas de roupas que apitam se alguém tentar passar com uma roupa sem pagar? Já parou para pensar como fazem para contabilizar o tempo de cada corredor em uma São Silvestre? Para estes dois casos e para muitos outros a tecnologia RFID pode otimizar o tempo e aumentar a eficácia em determinadas tarefas, ao mesmo tempo que melhora a experiência do cliente e do visitante. Em geral ela é usada para reduzir o desperdício e furtos, administrar inventários, facilitar a logística e aumentar a produtividade de uma empresa.

Mas o que é tecnologia RFID?

RFID quer dizer Radio Frequency Identification ou seja identificação por rádio frequência. Esta é uma tecnologia que utiliza a radiofrequência para capturar sinais que identificam, rastreiam e gerenciam qualquer tipo de coisa, desde objetos e produtos, até pessoas e animais, sem a necessidade de contato físico.

Códigos são inseridos em etiquetas especiais (RF tags) e antenas capturam as informações das tags, através do sinal de radiofrequência.

Nos sistemas passivos, o leitor transmite um pulso eletromagnético (transmissão de rádio frequência) que faz a tag entrar em operação. Nos sistemas ativos, há uma bateria na etiqueta que é usada para aumentar o alcance e inserir recursos extras, como leitura de temperatura, vibração, etc. As informações coletadas das etiquetas são passadas por meio de cabos ou sistemas wireless aos computadores.

Onde posso usar RFID

Embora possa parecer tecnologia futurista, a tecnologia RFID já é utilizada em vários projetos, como em lojas para evitar furtos a algum tempo. Sabe aquele sistema de alarme que é acionado caso a etiqueta não seja retirada do produto no ato da compra? Ele utiliza sinais de rádio frequência para detectar o objeto quando passado pela área coberta por uma antena, muitas vezes localizada nas portas.

Além dessa aplicação a tecnologia RFID pode ser utilizado em diversas situações, como:

Cancelas de pedágio ou estacionamentos, como SEM PARAR e CONECTCAR; Corridas ou maratonas, onde é possível monitorar o desempenho do atleta durante o trajeto; Supermercados podem utilizar a tecnologia de diversas maneiras como no controle de estoque (inventários, organização e informações sobre vencimento), na otimização de filas (o cliente pode pagar as compras sem tirar os produtos do carrinho); Na área da saúde, pacientes podem ter seus históricos médicos rapidamente verificados;

Antenas que captam o sinal de RFID

Normalmente as antenas utilizadas para a captação dos sinais de RFID possuem um alcance local e limitado, o que deixa a operação restrita a uma área específica.

Existe uma tecnologia chamada irradiante que, através de cabos, amplia a área de captação do sinal e propicia maior cobertura. A Discabos, marca brasileira com mais de 20 anos de atuação no mercado de cabos, dispõem desse tipo de cabo, que é o cabo irradiante para distribuição de sinais de rádio frequência em grandes áreas. A linha é composta por cabos, amplificadores e divisores que ampliam o alcance de um sinal tornando-o homogêneo por todo ambiente.

Como funciona o cabo irradiante?

O Cabo Irradiante age como uma antena, distribuindo ou recebendo sinais por onde passa. Ele possui um condutor rígido interno, revestido por uma espuma de polietileno, que por sua vez é revestida com uma folha de cobre com várias aberturas, que permitem receber ou propagar até 3 tipos sinais pelo ambiente. Enquanto um cabo tradicional tem o objetivo de levar um sinal de um ponto até outro, este cabo distribui o sinal por onde passa. O cabo pode ser usado para distribuir qualquer tipo de sinal de radio frequência, como sinal de internet Wireless, sinal de celular e RFID.

Quer saber como aplicar o cabo irradiante em projetos de RFID? Escreva abaixo suas dúvidas:

  • Felipe Olliveira

    Na verdade eu gostaria de saber, se existe algum método ou aplicação capaz de ampliar não a capacidade de leitura das antenas receptoras, mas sim a capacidade de ampliar o envio das informações do meu chip rfid, para uma antena receptora.

    No aguardo.

    • Olá Felipe
      Eu sei que existem etiquetas ativas que talvez consigam ter um desempenho melhor para o que você precisa.
      Se você for analisar também, ampliando o alcance de leitura das antenas, você terá um ganho de alcance do seu chip rfid.

  • Josue Costa

    boa tarde. estou criando um projeto para implementar um controle de acesso para veículos, na ETEC onde faço mecatrônica. então estou analisando qual RFID seria o melhor. o RFID de 900 Mhz foi o único que se fez mais util,pois preciso de uma distância de operação de 1 metro aproximadamente, porém esse tem um custo alto.
    ai vem minha duvida, se eu utilizar um RFID de 125 Khz e agregar a tecnologia irradiante conseguiria aumentar a distancia de operação que com este é de ate 15 centímetros..
    agradeço desde já pela atenção.

    • Olá Josué o cabo irradiante é um elemento passivo, ele basicamente é uma antena gigante, você conecta ele no lugar da antena e ele replica esse sinal. Ele não altera a capacidade de leitura do sistema. Portanto ele deveria estar próximo ao objeto para o sistema conseguir fazer as leituras.

      • Josue Costa

        quer dizer que se eu conectar o cabo irradiante no lugar da antena do leitor RFID o alcance da emissão sob radio frequência aumenta,entretanto; o cabo não auxilia na reflexão das informações contidas na tag RFID.
        ISSO?

  • Pabllo Rodrigo

    Tenho antenas rfid que utilizo para cronometragem de corridas. Como esse cabo ajudaria na captação do sinal das tags? Grato.

    • Olá Pabllo o cabo irradiante funciona como uma extensão de uma antena, ampliando do alcance dela. Portanto acredito que ele poderia te ajudar a melhorar a captação do sinal das tags.

Login