Ranking das qualidades de sinal de vídeo

Publicado em Artigos / Blog dia

Afim de esclarecer algumas dúvidas e facilitar a consulta dos produtos relacionados a vídeo, a Discabos estabeleceu um ranking com os sinais de vídeo, desde os que apresentam a menor definição até aqueles com a maior resolução.

Sinais Analógicos



Em sétimo lugar fica o sinal Coaxial RGC-59 também
conhecido como RF,
neste
tipo de sinal as informações de imagem são
combinadas com as de áudio, gerando um único sinal. Na
reprodução, estes sinais são novamente
separados, isso acarreta em bastante perda de qualidade, devido a
interferências e distorções geradas no processo.
Pode ser enviado às torres transmissoras de TV e também
a satélites retransmissores, captado por antenas comuns nas
residências e por antenas parabólicas.


Na
sexta posição
está o Vídeo composto, aqui
as informações de cor e luminosidade são
combinadas gerando um único sinal de vídeo, o áudio
é transmitido em um outro sinal. Quando é reproduzido
ele é novamente separado. A transformação
acarreta perda de qualidade devido a interferências e
distorções geradas no processo. Este tipo de sinal é
utilizado no formato VHS por exemplo e na transmissão de TV a
cabo.


Em
quinto lugar o S-Video(Separate Video), formato
analógico utilizado no segmento profissional. Transmite o
sinal Y/C (Luminância/Crominância) separadamente com
menor perda, por isso proporciona uma melhora para edição
e geração de vídeo. Não transmite sinal
de áudio.


Em quarto lugar fica o Vídeo componente (YpbPr),
neste
sinal as informações da imagem são separadas em
3 partes: uma de luminância (a parte que controla o brilho –
quantidade de luminosidade) , e duas de cromitância(
cromitância1 e cromitância-2), partes que controlam as
informações de cor na imagem. Esses 3 componentes
referem-se ao sistema de codificação de cor YUV. Este
tipo de sinal, por manter as informações de cor
separadas, possui uma melhor definição de cores do que
a de outros sinais.
Pode ser usado em dvds, Tvs, etc.Não transmite sinal de áudio.


No
pódium do nosso ranking de conexões de vídeo
está o sinal SVGA (RGB), tipo
de sinal em que as informações de cor são
transmitidas de modo separado, em 3 componentes, vermelho, verde e
azul (o cabo que carrega este sinal possui um fio exclusivo para cada
uma destas cores básicas). Estas cores são as cores
básicas do modelo de cor RGB. Apresenta uma pequena melhora em
relação ao formato vídeo componente chegando a
até 1080i de resolução. Utilizado em projetores
e monitores. Não transmite sinal de áudio.

Sinais Digitais

Na
vice liderança aparece o sinal DVI Dual Link. O
DVI transmite apenas o sinal de vídeo digital de alta
definição sem compressão. Ao contrário da
conexão HDMI, é voltada para o segmento profissional,
conectando televisores HD, monitores, PC, projetores com sinais HDTV
e outros. Utiliza o padrão TMDS para transmissão de
vídeo.


Finalmente
nosso campeão, o sinal HDMI, este
foi desenvolvido baseado nas especificações do DVI,
transmitindo sinal digital de alta definição através
do padrão TMDS. Porém há uma diferença
básica entre eles, o HDMI suporta transmissão de áudio
digital, o que não é possível com o DVI. Com o
sistema HDMI é possível alcançar resoluções
muito altas, até mesmo acima do 1080p que é o máximo
que existe hoje no mercado. A versão 1.3 do HDMI, a mais
recente, apresenta tudo o que as outras versões já
tinham, como suporte a resolução 1080p, suporte a SACD,
interface com PC, mecanismo CEC e HDCP para proteção de
conteúdo, além disso apresenta novos formatos de cores
(deep Color e xvYcc), áudio digital de baixa perda (Dolby true
HD e DTS HD Master Audio) e o novo padrão para sincronismo de
som e imagem (Lip Sync).

Login