O que são os cabos estanhados, quais suas características e onde comprá-los?

Os cabos estanhados são os mais recomendados para reduzir os efeitos da maresia, pois são projetados e fabricados com tecnologia adequada para que as instalações elétricas durem o maior tempo possível nessas regiões. Os fios de cobre convencionais não são tão resistentes, podem oxidar-se e perder sua capacidade de condutividade.

Para tornar os cabos convencionais mais resistentes, as indústrias protegem os feitos de cobre por meio de um processo de eletrólise, em que átomos de estanho são colocados sobre eles, transformando-os em cobre-estanhado, bem mais resistente. — e mesmo para residências situadas perto da praia!

Para que servem os cabos estanhados?

Enfim, cabos estanhados são feitos de cobre e, devido a um processo químico, recebem estanho em sua composição, tornando-se mais resistentes à ação da maresia. Eles servem, portanto, para evitar problemas com as instalações elétricas em embarcações, já que os equipamentos podem não funcionar corretamente quando os fios de cobre comuns oxidam-se e não conseguem alcançar a voltagem requerida. Servem, inclusive, para impedir naufrágios causados pelo funcionamento precário das bombas.

Consequentemente, todos os cabos navais devem ser, de preferência, cabos estanhados (chamados também de cabos marinizados). Eles servem, portanto, para proteger as instalações elétricas das embarcações ou dos imóveis próximos ao mar, garantindo um bom funcionamento dos equipamentos elétricos, além de prevenir acidentes, como naufrágios.

Quais são os tipos de cabos estanhados?

Há, basicamente, os seguintes tipos de cabos marinizados:

  1. cabos de 1 via, com bitolas cujas dimensões variam geralmente entre 0,30 mm2 e 50 mm2;
  2. cabos de 2 vias, com bitolas cujas dimensões variam geralmente de 0,30 mm2 a 4,00 mm2;
  3. cabos de 2 vias paralelos polarizados, para a conexão de caixas de som e alto-falantes;
  4. cabos PP para alimentação de lustres.

Conforme a cor, eles podem ser identificados, em suas especificações técnicas, como AZ (azul), PT (preto), VD (verde), AM (amarelo), e assim por diante.

Quais são as principais características dos cabos estanhados?

Independentemente do tipo, os cabos marinizados costumam apresentar as seguintes características gerais:

  1. dimensões adaptadas para atuar em locais críticos (inclusive, muito úmidos e oleosos);
  2. mais flexibilidade;
  3. mais impermeabilidade;
  4. maior resistência à fadiga.

Essas características são resultado de seu modo de produção. Em sua fabricação, são utilizados filamentos torcidos de cobre, têmpera mole da classe 5 e capa de PVC que aguenta até 105 ºC, enquanto os cabos convencionais suportam apenas até 70 ºC. Além disso, esse tipo de cabo apresenta mais filamentos que os outros.

Como escolher o melhor cabo estanhado?

Isso depende da finalidade! Os cabos paralelos são a opção quando se trata de conectar caixas de som e alto-falantes. No caso de lustres, a especificação técnica também deixa clara a sua finalidade (os cabos podem ser de 1 ou 2 vias). Em relação a outros equipamentos, é preciso fazer uma análise mais cuidadosa.

Somente um profissional especializado consegue avaliar o número de bitolas e fios necessário e analisar as emendas mais difíceis, aquelas que precisam ser isoladas com tubos termoretráteis e isolantes na forma líquida. Ele também tem condições de escolher uma boa marca do produto e sugeri-la para o cliente.

Os cabos estanhados são disponibilizados pelo Grupo Discabos, que já fornecem este tipo de material há mais de 25 anos no mercado brasileiro.

O que achou da sugestão? Gostaria de conferir nossos diferentes tipos de cabos marinizados? Teremos o maior prazer em atender você. Entre hoje mesmo em contato com a nossa empresa!

0 0 votes
Avalie este conteúdo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Tags:

Veja também:

0 0 votes
Avalie este conteúdo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Queremos ouvir você: deixe um comentáriox
()
x