Como serão as imagens 3D em HDMI

Conforme anunciado pela Organização , no início de março, foi liberada a especificação HDMI 1.4a. Na verdade, ela veio apenas para especificar os equipamentos quanto a reprodução de imagens 3D. Isso é muito importante para que todos os fabricantes de equipamentos tenham um padrão a seguir, diminuindo os problemas com incompatibilidade entre eles, e ao mesmo tempo, para que os cabos construídos sob as especificações , possam suportar os sinais da imagem 3D. Também foram liberadas as especificações do teste de conformidade para HDMI 1.4, dessa forma, em breve deveremos começar a ver empresas mostrando seus certificados.

No que se refere ao conteúdo 3D, que é a última moda, muitos fabricantes prometem produtos para esse ano (inclusive deveremos ver algo antes da ). Quanto as especificações para reprodução desse material seguem os destaques:
– O conteúdo de filmes em 3D deverá rodar em 1080p com 24 Hz de freqüência de imagem (1080p @ 23.98/24Hz)
– O conteúdo de jogos para games em 3D deverá rodar em 720p com 60 Hz de freqüência de imagem (720p @ 50 or 59.94/60Hz)

Portanto, os cabos High Speed da Discabos, já estam prontos para transmissão de 3D, tanto para reprodução de filmes quanto de vídeo games.

Já esclarecendo algumas possíveis dúvidas a respeito dessa informação acima, segue a explicação quanto as definições pré estabelecidas:
Vocês lembram que o HDMI High Speed (nova definição para os antigos cabos 1.3 cat.2), suporta o máximo de 10,2 Gbps de banda, e isso seria o máximo definido hoje. Pois bem, para alcançarmos uma resolução de 1080p com o conteúdo 3D, que basicamente irá duplicar a quantidade de informação para gerar essa imagem, a freqüência da imagem, ou deixando mais claro, a troca de quadros na tela, não pode ser muito rápida, pois isso causaria um aumento muito grande do tamanho da informação e conseqüentemente, estouraria o limite de banda dos cabos, que não conseguiriam transmitir esse conteúdo.

Por esse mesmo motivo, a resolução dos games foi rebaixada para 720p, pois nesse caso, devido ao tipo de conteúdo e por não se tratar de imagem pura (imagens criadas apartir de computadores), a freqüência de troca de quadros deve ser maior para que a imagem tenha mais realidade. Assim, para mantermos o conteúdo dentro dos limites necessários, é preciso baixar a resolução. Por isso não esperem ver conteúdos em 3D com 120 Hz ou 240 Hz.

Logo os fabricantes de equipamentos com essa , sejam eles Displays (TV ou Projetor), fontes (games, BD ou PC) ou repetidores (, switchers ou matrizes) , deverão respeitar essas especificações acima para tudo correr bem.

Agora é só esperar os equipamentos chegarem no mercado para começarmos a brincadeira.

Tags:

Veja também:

0 0 vote
Avalie este conteúdo
Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
GIUSEPPE
GIUSEPPE
11 de março de 2010 10:18

muito bom,parabens !

Ronaldo Negro
Ronaldo Negro
11 de março de 2010 12:48

Parabéns pelas informações técnicas abordadas.

Giovanni
Giovanni
11 de março de 2010 12:51

.

josierk rabelo
josierk rabelo
11 de março de 2010 15:31

Parabéns pelas imformacões enviadas

vanderlei monaro
vanderlei monaro
11 de março de 2010 21:07

por favor me arrume um cabo deste uau.

Luciano
Luciano
11 de março de 2010 21:55

Parabens mais uma vez Cristiano por oferecer informações de ponta para essa nova tecnologia.

Jorge Fernandes
Jorge Fernandes
12 de março de 2010 07:42

Parabéns, pelo informativo.

Osmani Alves dos Santos
Osmani Alves dos Santos
13 de março de 2010 17:35

Valeu Cristiano voce sempre na frente informando as novas tecnologias para seus parceiros e clientes,Voce esta de parabéns

Diogo
Diogo
13 de março de 2010 22:36

Muito bom esse artigo, obrigado por trazerem essa informação a respeito de imagem 3D atraves da transmissao pelos cabos HDMI, muito bem explicado tambem.

Anderson
Anderson
23 de março de 2010 09:27

Boa Matéria.

jose adalberto ribeiro de souza
jose adalberto ribeiro de souza
12 de julho de 2011 02:47

comprei um cabo bravo e estarei comprando mais acessórios.tudo pra acompanhar cada vez mais essa tecnologia

11
0
Queremos ouvir você: deixe um comentáriox
()
x