Já ouviu falar em microfone de teto? Entenda como funciona!

A qualidade do áudio é de máxima importância para que uma reunião seja bem-sucedida. Afinal de contas, é necessário que todos os participantes escutem bem o que está sendo falado. O mesmo vale para a compreensão de uma palestra ou de um evento similar, que depende, em grande parte, também da qualidade do áudio.

Por isso, a escolha do microfone que será utilizado deve ser criteriosa. O aparelho deve fazer a captação e a transmissão do som com eficiência por toda a extensão da sala. Neste post, falaremos sobre o microfone de teto. Veja como ele funciona e as suas vantagens em diferentes tipos de ocasiões!

Como o microfone de teto funciona?

O microfone de teto, como o próprio nome diz, foi desenvolvido para ser instalado discretamente no teto da sala de reunião ou de um espaço semelhante. Dessa forma, evita-se o uso de fios e de maquinários sobre a mesa principal ou sobre um palco. A cobertura também é mais completa, alcançando 360 graus, de modo que ele representa uma boa opção para quem procura uma solução mais enxuta e mais produtiva.

Para controlar determinadas funções, como “volume” e “mudo”, há diferentes estratégias quando temos um microfone de teto instalado. O aparelho pode, por exemplo, ser integrado a um painel de controle que permita ajustes por meio de conexões seriais ou por IP.

Onde ele pode ser usado?

O microfone de teto pode ser usado em diferentes lugares, como:

  • salas de conferências;
  • auditórios;
  • videoconferências;
  • salas de aula;
  • tribunais;
  • leilões;
  • câmaras e assembleias, e muitos outros locais.

Quais são as suas vantagens?

Já vimos, por exemplo, que o microfone de teto dispensa a instalação de muitos fios e de outros equipamentos sobre a mesa, ou seja, é uma solução clean, mais recomendada do ponto de vista estético. Há modelos diversos, como os aparelhos com designs sofisticados e aerodinâmicos, que ficam suspensos e são discretos, o que otimiza a decoração do ambiente. Além disso, existem os modelos embutidos.

Como ficam no teto — e não sobre a mesa —, a pessoa que vai falar não precisa se preocupar tanto com o aparelho (como ocorre quando o microfone está diante dela) e pode dedicar mais foco à própria conferência, ou seja, ao seu discurso. Para pessoas mais tímidas, essa solução pode ser uma alternativa na busca de mais autoconfiança ao falar em público. Os microfones de teto também têm ampla cobertura, de 360 graus, como dito. Os mais avançados apresentam tecnologia beamforming (propriedade refratária), que atravessa um longo percurso para melhorar a captação de áudio no cômodo.

Também podemos falar sobre a ajuda que esse tipo de microfone presta às empresas para que apliquem o conceito bastante atual de BYOD (Bring Your Own Device) ou “Traga Seu Próprio Dispositivo”. Assim, cada participante pode levar o seu próprio aparelho e diminuir o número de dispositivos instalados no recinto.

Há, ainda, a possibilidade de os participantes se espalharem pela sala sem que haja preocupação com a perda da captação de áudio. Na época que estamos vivenciando, de isolamento/distanciamento social, a possibilidade de as pessoas se organizarem na sala com a distância mínima recomendada é muito importante e torna-se até um requisito para que o evento aconteça. A instalação desse tipo de microfone é, portanto, uma ótima opção para que se realizem reuniões presenciais durante a pandemia.

Podemos resumir da seguinte forma as vantagens em usar o microfone de teto:

  • captação mais natural;
  • estética e modernidade;
  • redução do medo de falar ao microfone;
  • ampla cobertura (de 360 graus);
  • opção eficaz que favorece o distanciamento social;
  • incentivo à cultura do BYOD.

Quando não é recomendado o uso do microfone de teto?

Em uma sala muito ampla e com muitas superfícies, o som da voz pode ser menos nítido devido ao eco. Se existem também equipamentos instalados no teto, a eficiência do aparelho pode ficar seriamente comprometida.

Por isso, em algumas situações, talvez seja mais viável recorrer ao microfone convencional. Para conseguir uma cobertura eficaz em uma grande sala, é importante que o padrão de coleta de áudio dos microfones de teto seja capaz de garantir uma boa captação. Consequentemente, serão acentuados também os ruídos do HVAC (Sistema de Aquecimento, Ventilação e Ar-Condicionado), de projetores e de outros equipamentos instalados nas proximidades do microfone. Os ruídos que atravessam as salas próximas também podem interferir.

Atualmente, existem formas e tecnologias que podem amenizar essas situações. Entretanto, é fundamental considerar esses pontos na hora de escolher o tipo e o modelo de microfone mais adequado.

Quais são os microfones de teto mais recomendados?

Há muitos modelos disponíveis no mercado. Entre eles, podemos destacar o microfone BMA 360 da marca ClearOne.

BMA 360

O BMA 360 da ClearOne é o conjunto de microfones de teto mais avançado do mundo. Ele oferece um ótimo desempenho de áudio e facilidade na implantação. Também é um recurso que garante um ganho uniforme em todas as bandas de frequência.

A versão atualizada do produto conta com o sistema Voice Lift, que oferece uma maneira simples e poderosa de ativar diversas zonas de alto-falantes mix-minus, permitindo, assim, que todos os participantes escutem cada palavra do discurso.

O Voice Lift é ainda mais aprimorado com o eliminador de feedback. Trata-se de uma tecnologia que permite a eliminação insuperável de feedback e toque, proporcionando um aumento adicional de até oito decibéis para o ganho total do sistema. O BMA 360 pode ligar até dois feixes ao mesmo tempo, permitindo uma captação otimizada de tudo que os palestrantes/apresentadores estiverem falando — dessa forma, mesmo que duas pessoas estejam discursando ou conversando, os participantes conseguirão compreender as suas palavras.

A tecnologia FiBeam oferece um áudio natural e de fidelidade completa em todos os feixes (tanto individualmente quanto no conjunto). Já o Cancelamento de Eco Acústico (AEC) 6G oferece um desempenho máximo de áudio full-duplex por feixe. Essas são algumas características do BMA 360, que pode ser encontrado no Grupo Discabos, distribuidor oficial no Brasil.

O microfone de teto, como visto, é uma excelente opção para diferentes ocasiões, sejam reuniões presenciais, sejam videoconferências. Para analisar a sua viabilidade, o profissional deve realizar um diagnóstico da sala e das necessidades do evento.

Agora, para saber mais sobre o BMA 360 da ClearOne, entre em contato com o Grupo Discabos, empresa especializada em sistemas de áudio/vídeo e automação. Aproveite e conheça agora mesmo as opções e as marcas de microfone que são comercializadas.

0 0 votes
Avalie este conteúdo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Tags:

Veja também:

0 0 votes
Avalie este conteúdo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Selecione: Você está buscando informações para...

0
Queremos ouvir você: deixe um comentáriox
()
x
0
    0
    Seu carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar a loja