Entenda agora as diferenças entre Splitter, Switch e Matrix HDMI

Antes de comprar um Splitter, Switch ou Matrix , você deve conhecer as características e as aplicações desses elementos em infraestrutura de áudio e vídeo. Todos eles são adaptadores HDMI para a transmissão de dados, mas cada um tem uma função específica de acordo com a demanda do projeto.

Neste artigo, trazemos informações sobre Splitter, Switch e Matrix HDMI para que você saiba qual é a melhor opção para a sua estrutura. Vamos lá?

Splitter

O Splitter é um pequeno adaptador com uma entrada e muitas saídas HDMI. Existem Splitters com até 16 saídas, no entanto, os mais usados são os que têm duas ou quatro. As portas de entrada são devidamente identificadas como entrada e saída para que o usuário saiba instalá-lo corretamente.

O Splitter é usado para clonar um sinal HDMI para várias telas. Se você tem, por exemplo, um computador com apenas uma saída HDMI e gostaria de transmitir a imagem para um monitor e para uma televisão simultaneamente, um cabo HDMI pode ser conectado à saída do computador até a entrada do Splitter, enquanto outro cabo HDMI sai do Splitter para entrar no monitor ou na TV.

A imagem do computador poderá, então, ser vista no monitor e na televisão, embora o primeiro tenha apenas uma saída HDMI, mas sem prejudicar a qualidade. Isso porque o sinal HDMI é digital e pode ser reverberado quantas vezes forem necessárias.

Switch

O Switch é exatamente o oposto do Splitter, ou seja, tem várias entradas e apenas uma saída HDMI. Em muitas empresas de itens eletroeletrônicos, existem opções com até oito entradas HDMI, entretanto, os mais comuns são aqueles com três ou quatro entradas.

Com um Switch, é possível compensar as portas HDMI ausentes nos dispositivos, pois ele permite que muitos conectores sejam plugados simultaneamente para transmitir o sinal de HDMI.

Por exemplo, se, na sua casa, você tem um PlayStation, um Xbox e um DVD, o cabo HDMI de cada dispositivo deve ser reconectado à televisão por meio do Switch. Geralmente, esses equipamentos têm um controle remoto para alternar o dispositivo que transmitirá o sinal para aquele no qual a saída está conectada.

Existe também o bidirecional, que atua com as funcionalidades de um Switch e de um Splitter, ou seja, pode ser usado tanto como um Switch — com muitas entradas e uma saída — quanto como um Splitter — com uma entrada e muitas saídas.

Matrix HDMI

A Matrix HDMI é um equipamento mais completo se compararmos com o Switch, com o Splitter e até com o Switch HDMI bidirecional, uma vez que tem muitas entradas e saídas HDMI.

Uma 4×2, por exemplo, tem quatro portas de entrada e duas portas de saída e, portanto, pode ser usada como um Switch com duas saídas ou como um Splitter com muitas entradas, sem que o usuário tenha que reconectar o cabo HDMI entre os monitores.

Esses equipamentos também exigem o uso de um controle remoto ou um outro sistema integrado que pode ser utilizado para a simplificação da troca para o devido fornecimento do sinal entre os aparelhos conectados. Alguns modelos de matriz permitem o controle através de app encontrado na lojas de aplicativos, o que facilita muito o controle.

Como você pôde ver, Splitter, Switch e Matrix HDMI exercem o mesmo papel em infraestruturas de audiovisual. O que difere os três equipamentos é a quantidade de entradas e saídas, assim como a capacidade de fornecer ou de receber os dados transmitidos.

Agora que você domina essa diferença, que tal conhecer as soluções do Grupo Discabos para descobrir qual das opções é a mais indicada para o seu projeto?

Tags:

Veja também:

0 0 vote
Avalie este conteúdo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Queremos ouvir você: deixe um comentáriox
()
x